Pulseira Dupla Ágata

9,00 €
Com IVA

Agregado de quartzo finamente fibroso, do grupo da Calcedônia, com estrutura variada e camadas concêntricas. Encontradas em várias cores, mas as cores naturais são geralmente pálidas e cinzentas. Por meios artificiais adquirem colorações com tonalidades brilhantes.

Signo: Gêmeos e Virgem.

Quantidade
Últimos artigos em stock

 

Garantia satisfeito ou reembolsado

 

Pazo de entrega no máximo de 5 dias úteis

Agregado de quartzo finamente fibroso, do grupo da Calcedônia, com estrutura variada e camadas concêntricas. Encontradas em várias cores, mas as cores naturais são geralmente pálidas e cinzentas. Por meios artificiais adquirem colorações com tonalidades brilhantes.

A ágata é uma variedade translúcida da Calcedônia, pertencente ao grupo dos quartzos criptocristalinos. Apresenta bandas curvas ou irregulares de diferentes cores, tons ou transparências da mesma cor, tais como marrom, vermelho, branco, cinza e azul acizentado. As cores muito vivas são quase sempre resultado do tratamento para realçar a cor natural.

As cores e formas são tão variadas que uma coleção de pedras de ágata, pareceria uma coleção de muitas pedras diferentes. Mas, atenção: quase a maioria das ágatas coloridas que vemos hoje, são tingidas artificialmente…

São encontradas como nódulos em rochas efusivas antigas, pobres em ácido cilício e secundariamente, em argilas e cascalhos. Formam-se da cristalização da sílica nas paredes posteriores de cavidades obstruídas das rochas. Devido a diferente coloração, filiosidade e porosidade formam-se diversas camadas de cor sobrepostas.

A parte interior das drusas de ágata está frequentemente recoberta de cristal de rocha, ametista ou quartzo enfumaçado. Conforme o desenho das camadas, recebe diversos nomes, ágata listrada ou em camadas, estrelada, amuralhada, paisagem, musgosa etc.

O nome ágata provém do antigo rio Achates, hoje, conhecido como Dirillo, cuja nascente fica próxima ao Monte Lauro, na Sicília (Itália).

Há 3.000 anos a ágata já era trabalhada no Egito sob a forma de selos, pedras para anéis, gemas e vasilhas. Foi utilizada também como amuleto, para proteger do raio e da tempestade.

Localidades: O Brasil é o primeiro produtor mundial de ágata e suas jazidas, as mais importantes da Terra, encontram-se principalmente no Rio Grande do Sul. As primeiras jazidas brasileiras foram descobertas em 1827, por imigrantes oriundos de Idar-Oberstein, na Alemanha, para o sul do Brasil, uma vez que as jazidas do seu país de origem esgotaram-se desde o princípio do século XIX. Também é encontrada no Uruguai.

Analogias: Energia: várias. Planeta: Terra e Mercúrio. Elemento: vários. Chacras: umbilical e outros. Tarô: O Louco. Previne contra acidentes e mal olhado. 

Tem grande poder de cura, trabalha com os chacras e age conforme a cor de cada tipo. No sentido geral, em crianças é usada como proteção. Tonifica e revigora o corpo. Ajuda a despertar e abrir o seu interior.

Os terapeutas de cristais dizem que a ágata serve como energizado e purificador do sangue e ajuda as pessoas distraídas e fora de centro. Acredita-se que a ágata posta sobre o chacra do baço, estimula a expressão criadora.

Está ligada a Terra, ajuda no equilíbrio físico e mental, melhorando a autoconfiança e aperfeiçoando a autoestima. Atrai heranças, protege contra roubos, ajuda nos partos, atrai o sexo oposto, protege contra energias negativas, atrai dinheiro, bons empregos, fortalece o coração, dá coragem, é um antídoto contra venenos.

Diz-se que a ágata abaixa as febres e tem até mesmo as propriedades das águas refrescantes. Aguça a visão, ilumina a mente, concede eloquência, auxilia na descoberta de tesouros, aumenta a vitalidade, vigor, coragem, longevidade, cura e proteção.

Existem muitas variedades desta pedra, sendo que algumas têm significado apenas local; ágata musgo, ágata iridescente etc.

Signo: Gêmeos e Virgem.

122015038
2 Itens

Referências específicas

Clientes que compraram este produto também compraram: